fbpx

Cinco livros para amadurecer sua devoção à Nossa Senhora

Sábado é o dia que a Igreja consagra à Santíssima Virgem. Um documento da Abadia de Cluny elucida de modo muito belo a origem desta tradição:

“São várias as explicações deste costume de se consagrar o sábado a Maria Santíssima. Porém a mais difundida na Cristandade, a que mais movia as almas neste culto especial a Virgem Santíssima era uma decorrência do relevo que tinha na espiritualidade medieval a ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. É a seguinte: Os Evangelhos contam que depois da morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, os Apóstolos, os Discípulos e as Santas Mulheres não acreditavam na ressurreição apesar de Nosso Senhor a ter anunciado várias vezes. Assim sendo, desde a hora que Nosso Senhor morreu na Cruz na Sexta-feira Santa até o Domingo da ressurreição, só Nossa Senhora acreditava na divindade de Nosso Senhor. Portanto, só Ela tinha fé perfeita, pois como diz São Paulo: “Sem a ressurreição a nossa Fé seria vã”. No sábado, portanto, só Nossa Senhora em toda a Terra personificou a Igreja Católica, e por isso neste dia os medievais A louvavam especialmente”.

Para homenagear Nossa Senhora neste sábado, listamos cinco livros que vão te ajudar a conhecer e a ser mais íntimo de seu Imaculado Coração:

1 – Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, São Luís Maria Grignion de Montfort – São João Paulo II desde muito jovem nutriu um amor apaixonado pela Virgem Maria, a ponto de recear que isso atrapalhasse sua relação com Cristo. Quando caiu-lhe nas mãos este “tratado” de São Luís de Montfort todas as dúvidas foram dirimidas. É um grande clássico da espiritualidade mariana.

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem Maria
  • São Luís Maria Grignion de Montfort
  • Publisher: Paulus Editora
  • Edition no. 1 (07/01/2017)
  • Livro de bolso: 248 pages

2 – Encíclica Redemptoris Mater, São João Paulo II – Toda a doutrina mariana de São João Paulo II sobre Nossa Senhora, marcada pela consagração total nos moldes de São Luís de Montfort ( seu lema: “Totus Tuus”) e iluminada pelo Concílio Vaticano II (na Lumen Gentiun) é aqui exposta sob o prisma pessoal do Santo para toda a Igreja.

Documentos de João Paulo I e Encíclicas de João Paulo II
  • Paulus Editora
  • Publisher: Paulus Editora
  • Edition no. 1 (07/01/2005)
  • Capa dura: 272 pages

3 – Maria, espelho da Igreja, Raniero Cantalamessa – O pregador da Casa Pontifícia escreveu um livro com reflexões belíssimas sobre Maria, cheias de espiritualidade e levando em conta a tradição oriental dos ícones. Repleto de citações que vão desde os Padres da Igreja até poetas e escritores e religiosos diversos, Frei Raniero pratica, com este livro, uma verdadeira catequese oracional sobre Nossa Senhora.

Maria um espelho para a Igreja
  • Raniero Cantalamessa
  • Publisher: Editora Santuário
  • Edition no. 11 (01/01/1992)
  • Capa comum: 244 pages

4 – Filho de Deus, Menino Meu, Emmir Nogueira – A história romanceada do Natal. Emmir Nogueira, mulher de profunda oração e com a intuição muito própria do coração feminino, consegue nos levar, à medida em que faz-nos reviver todos aqueles momentos decisivos da história da salvação, à intimidade saturada de santidade (que passa pela humanidade) de São José, do Menino Jesus e de Mossa Senhora.

Sale
Filho De Deus Menino Meu
  • Nogueira Emmir
  • Publisher: Ediçoes Shalom
  • Edition no. 8 (01/01/1970)
  • Capa comum: 136 pages

5 – A Mulher do Apocalipse, Felipe Aquino – Professor Felipe Aquino escreveu este livro como uma homenagem à Nossa Senhora depois de ter sido “salvo” por ela em um acidente que era para ter sido fatal. É um pequeno compêndio com os ensinamentos da Igreja sobre a Virgem Maria, passando pelos dogmas, palavras dos Santos Padres, dos Doutores, dos santos devotos e pelos documentos da Igreja. Uma bela introdução à uma devoção madura a Nossa Senhora.

Sale
A Mulher do Apocalipse
  • Felipe Aquino
  • Publisher: Cleofas
  • Edition no. 9 (01/01/2015)
  • Capa comum: 144 pages
Compartilhe